sábado, 22 de novembro de 2014

O Anjo Caído

QUE A PAZ DO SENHOR JESUS INUNDE OS VOSSOS CORAÇÕES.


Por esses dias um irmão que tenho na minha página postou um artigo muito interessante sobre o nome do primeiro anjo caído. O artigo está bem elaborado e rico em conteúdo, então confere aí.

(Click em Continue Vendo)


O Texto aqui está no original, nada foi alterado.

Por tanto quando a Bíblia diz Satanás ela se referia a espirito malignos pois o chefe na bíblia não tem nome, por tanto sabemos que ele é a serpente que enganou Eva. mais uns dizem que ele esta solto outros dizem que esta preso. eu acredito que o chefão esta preso. por tanto você nunca vai achar na bíblia relatando que o Diabo chefão esta solto ou preso, mais você aprofundando na hierarquia Bíblica você vai achar Nomes de 3 Demônios Poderosos capazes de acabar com a terra, que estão presos ao rio Eufrates que esta secando isso é uma Profecia de Apocalipse se cumprindo. Primeiro nome Samael Na Cabala era um dos sete Anjos que estavam diante do Trono de Deus (Apocalipse 8:2) e são representações dos Poderes Divinos. Tais poderes cósmicos podem ser polarizados tanto positiva quanto negativamente dentro do ser humano. A Polaridade negativa da energia cósmica de Samael é simbolizada por um anjo caído,Nas tradições judaicas é identificado como o Anjo da Morte, o ex-chefe do quinto céu e também um dos sete regentes do mundo material servido por milhões de anjos.Segundo o Rabi Eliezer, ele (Samael) foi o encarregado de tentar Eva.Abaddon (também conhecido como Apollyon) é um termo hebraico que tem o significado de “destruição” ou "Destruidor". Na Bíblia, figura no Livro de Jó (26,6) e no Livro do Apocalipse (9:11).
Em Revelação 9:11, esta palavra hebraica está transliterada no texto em português. Lemos ali a respeito da simbólica praga de gafanhotos, que estes têm “um rei, o anjo do abismo. Seu nome, em hebraico, é Abadon, mas em grego ele tem o nome de Apolion”.
No hebraico, a palavra ʼavad•dóhn significa “destruição” e pode também referir-se ao “lugar de destruição”. Aparece no texto hebraico original no total de cinco vezes, e em quatro das ocorrências é usada em paralelo com “sepultura”, “Seol” e “morte”. (Sal 88:11; Jó 26:6; 28:22; Pr 15:11) A palavra ʼavad•dóhn, nestes textos, evidentemente refere-se aos processos destrutivos que resultam da morte humana, e estes textos indicam que a decomposição ou destruição ocorre no Seol, a sepultura comum da humanidade. Em Jó 31:12, ʼavad•dóhn designa o efeito prejudicial dum proceder adúltero. Jó declarou: “[Tal proceder adúltero] é um fogo que consumiria até à destruição [ʽadh-ʼavad•dóhn], e se arraigaria entre todos os meus produtos.” — Veja Pr 6:26-28, 32; 7:26, 27.Em Apocalipse 9:11, porém, a palavra “Abadon” é usada como o nome do “anjo do abismo”. O correspondente nome grego, Apolion, significa “Destruidor”.Azazel é o nome atribuído a um anjo, que seria encarregado da tarefa de levantar as faltas humanas e as enumerar perante o Tribunal Divino, durante o julgamento anual da humanidade.1 É, por outro lado, uma figura misteriosa, que aparece por três vezes na Bíblia Hebraica, relacionado expressamente com o ritual do Yom Kipur, quando, na época do Templo de Jerusalém, um bode era sacrificado para o Criador e outro era ofertado a Azazel, sendo este último animal encaminhado ao deserto.Ao lado de Shemihazah, liderou um grupo de duzentos anjos que desceram à Terra, com o fito de viver entre os humanos. Conheceram as mulheres, e com elas tiveram filhos. Particularmente, Azazel teve filhos que pereceram no Dilúvio. Esses rebentos foram chamados de nefilim.Para a Demonologia, ou a catalogação dos demônios da tradição católica Azazel é um dos 7 arque-demônios de Satã, que correspondem aos 7 arcanjos de Deus. Azazel é considerado um demônio advindo de uma seita judaica que adorava um ídolo em forma de carneiro e oferecia sacrifícios em holocausto a esta figura caprina. Dizem, certas correntes, que havia rituais de sodomia e zoofilia, nos quais, grupos de judeus imolados pelo espírito do ídolo, no caso o demônio Azazel, entregavam suas virgens para praticar atos sexuais ou libidinosos com cabras e outros homens, em um ritual macabro e pervertido. Os reis de Judá descobriram esta seita que adorava a ídolos, e contrariava os mandamentos da Torá entregues a Moisés. Houve uma batalha na cidade aonde esta seita se encontrava e todos os judeus que adoravam Azazel, bem como a cidade, foram destruídos.
Azazel é um ex-anjo que caiu do paraíso. Antes disso, era um anjo emissário enviado para viver entre os humanos; nesta missão, teve filhos com as mulheres dos homens, e isto motiva a crença de que os rituais de invocação de Azazel ocorrem através da prática de atos sexuais entre mulheres e cabras. Azazel é o rei dos Shekmitas, ou seja, a raça de demônios meio homens e meio cabras, com aspecto parecido com o de Baphomet que tambem é um demônio Shekmita famoso. Aquele é responsável pela desgraça dos idólatras e seu poder é comparável ao dos demônios mais fortes do inferno; ele comanda as legiões Shekmitas no inferno. Judas 6: “aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia”Porque se Deus não poupou a anjos quando pecaram, mas lançou-os no inferno, e os entregou aos abismos da escuridão, reservando-os para o juízo” 2ª Pe 2:4.Estes demônios são considerados os piores, pois até o nome mostra sua superioridade no reino das trevas, são chamados de reis do abismo Apocalipse 9:11, e como demonstração de tanta maldade, um anjo voa pelo céu avisando tamanho mal por três vezes, em Apocalipse 8:13, 9:12, 11:14, e Coitados dos moradores da terra. "E tocou o sexto anjo a sua trombeta, e ouvi uma voz que vinha das quatro pontas do altar de ouro, que estava diante de Deus, a qual dizia ao sexto anjo, que tinha a trombeta: Solta os quatro anjos, que estão presos junto ao grande rio Eufrates. E foram soltos os quatro anjos, que estavam preparados para a hora, e dia, e mês, e ano, a fim de matarem a terça parte dos homens. E o número dos exércitos dos cavaleiros era de duzentos milhões; e ouvi o número deles."Quando Azaziel for solto ele controlara um exercito parecido da torre de Babel, de 200 Milhões de homens.Quando Azaziel for solto ele controlara um exercito parecido da torre de Babel, de 200 Milhões de homens.durante a Guerra do Vietnã, soube que o exército chinês, combinado com a milícia, era de aproximadamente 200 milhões de homens! Hoje, duas décadas depois, eles certamente têm esse número de homens prontos para serem mobilizados. Jesus Cristo nos oferece então outra pista para identificarmos esse poderoso exército. Em Apocalipse 16:12, lemos, "E o sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou-se, para que se preparasse o caminho dos reis do oriente." No julgamento dessa sexta taça, vemos que o grande rio Eufrates seca-se para que "os reis do oriente" possam atravessá-lo com facilidade na marcha que farão para cercar Jerusalém. No próximo verso, vemos que espíritos demoníacos convencem os reis do mundo a reunirem suas tropas na Terra Santa:
"E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs. Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso." [Apocalipse 16:13-14].Logicamente, essa batalha do Deus Todo-Poderoso é a Batalha do Armagedom, como Jesus Cristo revela no verso 16. Muitos estudiosos da Bíblia acreditam que o exército dos reis do oriente, que atravessará o Eufrates, seja o mesmo exército de 200 milhões de soldados, descrito em Apocalipse 9:13-16. Certamente, nesse relato no Capítulo 9, os anjos demoníacos que são libertados guiam esse poderoso exército. Parece lógico que esse exército de 200 milhões de soldados será o exército chinês. Agora, porém, vamos continuar lendo em Apocalipse 9, para ver uma descrição muitíssimo interessante desse poderoso exército:
"E assim vi os cavalos nesta visão; e os que sobre eles cavalgavam tinham couraças de fogo, e de jacinto, e de enxofre; e as cabeças dos cavalos eram como cabeças de leões; e de suas bocas saía fogo e fumaça e enxofre. Por estes três foi morta a terça parte dos homens, isto é, pelo fogo, pela fumaça, e pelo enxofre, que saíam das suas bocas. Porque o poder dos cavalos está na sua boca e nas suas caudas. Porquanto as suas caudas são semelhantes a serpentes, e têm cabeças, e com elas danificam." [Apocalipse 9:17-19].Em outras palavras, esse exército de 200 milhões de homens estará equipado com armas de destruição maciça. Consideramos armas de destruição maciça as de três tipos: nucleares, químicas e biológicas. Esse exército inacreditável, formado por um número sem precedentes de soldados, possuirá o poder de fogo capaz de matar um terço da população da Terra! Compreendendo que esse exército do oriente, formado por 200 milhões de homens, é o exército chinês, vejamos a difícil passagem em Apocalipse 9:17-19. Somos informados que os cavaleiros desses "cavalos" vestem couraças de "fogo, e de jacinto e de enxofre"; precisamos perguntar a nós mesmos que tipos de cores seriam essas: "Fogo" vai do amarelo ao vermelho brilhante, normalmente, com tonalidades intermediarias.
"Jacinto" segundo a definição do dicionário tem a cor "laranja avermelhada". "Enxofre" é definido com a cor "amarelo brilhante".
Em seguida, lemos que o poder de destruir um terço da humanidade procede da "boca" e da "cauda". Deixando de lado, por um momento, a dificuldade de descrever esses cavaleiros que estão montados em "cavalos", apresento para sua consideração que os tanques modernos, os carros de combate e os canhões disparam seus projéteis, ou mísseis, principalmente pela "boca", mas outros armamentos disparam por trás, a partir da "cauda". Se você já viu um helicóptero ou um avião disparar mísseis, o rastro de fumaça deixado pelo míssil dá a impressão que ele foi disparado pela parte traseira, pela "cauda" da aeronave. não vou escrever mais rss. Por tanto vejas o que esses demônios vão causar. por muitos Teólogos e Judeus e Rabinos, Samael é Santanás o Primeiro caído do céu que esta preso, eu porem acredito que esteja Preso, na biblia não fala claramente o nome do líder, mais tudo da intender que ele está preso. junto com azazael e Apollyon. em uma dimensão espiritual.

Um comentário:

  1. Se Satanás está preso, explique Jó 1.6,7 a tentação sobre Jesus

    ResponderExcluir

PARA HONRA E GLÓRIA DO SENHOR JESUS